Novas aquisições – parte 4

Continuando com o relato dos presentes de fim de ano (só estou um pouquinho atrasada rs…) .

Como presente meu para eu mesma, me dei a Raquelle fashionista 2013.

Assim que eu vi essa doll, fiquei louca de vontade de comprá-la. Gostei de tudo: maquiagem (especialmente do batom nude puxado para um tom alaranjado, que fica bem moderno), os olhos esfumados em preto, o cabelo bem preto e com corte moderno (acho que só vou arrancar as mechas prateadas) e até a roupa.

Achei que ficou bem contemporâneo o vestido prateado com detalhe em tule. Normalmente, as bonecas playline usam roupas muito “fantasia”, mas esse dress é algo que vejo uma moça por volta dos 19, 20 anos usando para sair à noite com as amigas. Sexy sem ser vulgar! rs

Crédito da imagem: Barbie Girl Collectible

De verdade? Uma compra que gostei mais que algumas das collectors que temos visto.

 

Anúncios

Novas aquisições – parte 3

Ando tão atrasada com o blog que me permito não mais pedir desculpas…

Chato, eu sei!

Bom, acabei nem falando sobre as aquisições de final de ano, que sempre ajudam bastante a aumentar a coleção.

Como eu faço aniversário no dia 23 de Dezembro, as Barbies se multiplicam nessa época e eu sempre me vejo sem espaço e tempo para a atenção que elas merecem.

Diante desse “mea culpa”, posto aqui as bonecas que ganhei de uma grande amiga como presente de aniversário.

Como ela é exagerada, foi logo me dando duas:

Ken Praia 2013

Crédito da imagem: Ken Doll Blog

 

Crédito da imagem: Ken Doll Blog

 

Lindinho, não?

Além desse lindo Ken que eu amo por ter relógio, a Mel ainda me deu a Summer Praia 2013.

Crédito da imagem: Ken Doll Blog

 

O que acharam dos presentes?

 

 

Ajuda!

Pessoal, alguém conhece esse Ken?

20140309-222602.jpg

Ele é um Ken do começo dos anos 2000, usa esse camisa xadrez azul e a calça preta. Se não estou enganada, ele tem ingressos para levar a Barbie ao cinema.

Alguém sabe os dados dele?

Agradeço qualquer informação!

Novidades Playline – Life in the Dreamhouse

Na linha playline, a Mattel também vem trazendo, aos poucos, novidades.

Na linha normal, o Barbie Life in the Dreamhouse Ken®Doll está exatamente igual ao que aparece na web série. Achei fofo! Esse Ken complementa a linha, que já foi tema de post do blog, que já tinha Barbie, Midge, Nikki, Teresa, Raquelle e Summer.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Já vi esse Ken à venda nas lojas Ri Happy de São Paulo.

Além dele, foi apresentada oficialmente a linha “Talkin’”. São três bonecos da Life in the Dreamhouse, só que todos podem gravar vozes e sons, e repeti-los com a própria voz. Além disso, todos reproduzem frases icônicas do seriado.

A primeira foi a Barbie Life in the Dreamhouse Talkin’ Barbie® Doll.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Tenho dúvidas de como deve ser o corpo e por onde sai a voz, mas achei que deve ter grande apelo entre as crianças mais novas.

Eu sei que, por posicionamento e até mesmo mercado entre crianças, a Barbie costuma usar  variações de pink, mas me cansa bastante essa repetição e insistência.

Se o ponto é marcar uma personalidade doce e feminina, seria interessante trabalhar com outras cores, como lilás, bege, nude, cinza claro, e tons pastéis em geral. Não descaracterizaria a boneca e sairia um pouco da mesmice.

Enfim, achei melhor que a da linha normal, mas ainda assim não me agradou o suficiente para entrar na wish list. Next!

O lançamento da Barbie Life in the Dreamhouse Talkin’ Raquelle®Doll já demonstra que a personagem está ganhando espaço como contraposição à Barbie, o que é bem interessante por si só.

 

Crédito da imagem: Barbie Collector

Essa versão não me agradou muito.

Achei o vestido mediano, mas o ponto alto são as open boots e a clutch que imita croco.

Por fim, temos o Barbie Life in the Dreamhouse Talkin’ Ken®Doll.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Adorei o Ken! Achei lindo, super bem-vestido, moderno e ainda tem um relógio bem bacana. Compraria fácil.

Mas esperem, não é só! (Polishop feelings)

Os duos de dolls também foram lançados e estão bem interessantes.

O primeiro é o da Barbie com a Midge, o Barbie Life in the Dreamhouse Barbie® and Midge® 2-Pack.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Barbie: mais do mesmo. Pelo menos o penteado dela mudou e  cabelo está preso.

Midge: achei essa versão linda, mas é exatamente igual à anterior. O vestido é um pouquinho cafona, mas amei sapato, bolsa, pulseira de lacinho e tiara. Se fosse para comprar, seria por isso.

Já o Barbie Life in the Dreamhouse Raquelle® and Summer® 2-Pack tem muito mais apelo.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Ambas apresentam moldes diferentes da primeira versão, o que já as torna muito interessantes.

Ao mesmo tempo, as roupas marcam a personalidade, mas dentro da mesma proposta, e estão diferentes das anteriormente lançadas.

Raquelle: rosto com sorrisão, batom vermelho e roupas que mostram o quanto ela é moderna e vanguarda.

Summer: molde distinto, polaina – que eu amei – roupa muito bacana e que combina com a anterior.

Para quem for falar que elas têm os rostos já apresentados em outras linhas, dou uma boa razão para a aquisição: cílios enraizados.

Outra vantagem em relação ao outro duo, é o fato de segurarem cafés e não sacolinhas vagabundas de papel.

Muito bem pensado!

Para finalizar, foi lançada a Barbie®Dreamhouse®, com tudo que se pode sonhar na casa de uma boneca!

 

Crédito da imagem: Barbie Collector

A única coisa não tão boa é que o preço está bem salgado.

E vocês? O que acharam do resto da coleção Life in the Dreamhouse?

 

Barbie na Selfridges

O site da revista Vogue UK, em reportagem de ontem, mostrou novas criações de estilistas para a boneca mais famosa do mundo.

Essas bonecas comemoram a abertura na Selfridges de um setor dedicado à Barbie, situado no 4º. andar, que abrigará também a nova sessão de brinquedos da loja, e será inaugurado até o fim dessa semana.

Nesse local também será possível comprar Barbies da linha Collector. “Na abertura de um espaço-conceito para brinquedos, não haveria melhor parceira que a Barbie, cujas credenciais na moda transcendem as de grande parte das pessoas”, explica Erin Moscow, diretora da linha desenvolvida para crianças do magazine. “Os pontos iniciais para a criação do departamento foram os ícones do mercado, e naturalmente Barbie foi um dos primeiros nomes a vir à tona. Estas bonecas únicas são algo realmente especial, e um testemunho de quão relevante e pioneira Barbie continua a ser”.

Para tanto, a loja chamou os designers de três marcas emergentes de Londres: Fred ButlerNasir Mazhar e Sister by Sibling. Cada um criou dolls modernas e coloridas, que estarão em exposição no corner da Barbie.

As criações de Fred Butler são modernas e conceituais.

Crédito da imagem: Vogue UK

Crédito da imagem: Vogue UK

Já as de Nasir Mazhar são bem surpreendentes.

Crédito da imagem: Vogue UK

Crédito da imagem: Vogue UK

Por fim, Sister by Sibling utilizou as Fashionistas para desfilar suas criações em tricô.

foto (12)

Crédito da imagem: Vogue UK

O que acharam das dolls apresentadas? Comprariam? A minha expectativa é que elas serão leiloadas depois de um período em exposição.

 

Barbie Life in the Dreamhouse

Baseada na web série de sucesso, que é disponibilizada no próprio site da Barbie, a Mattel lançou as bonecas que aparecem no seriado.

Crédito da imagem: rotibakarbuttermilo.blogspot.com

Depois de um longo período sem lançamentos condizentes com a qualidade esperada em uma boneca que carrega a marca Barbie, a Mattel acertou ao promover seu produto através de episódios animados muito bem executados, além de aproveitar o gancho para alavancar a venda de dolls baseadas em experiência já bem sucedida.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Até agora, vi apenas na loja física das Lojas Americanas, e somente a Barbie, a Teresa e a Summer. Pude constatar a qualidade dos face molds, dos cílios enraizados, e do fato de apresentarem um look extra, o que agrega valor às bonecas. Ainda assim, achei demais cobrarem 89,90 por algo que custa US$16,99 – no câmbio de hoje (R$2,23) e incluindo o imposto de Nova Iorque (8,75% – que já é um dos mais altos), a conversão seria de R$41,21, menos da metade do preço daqui.

Achei o preço bem salgado no Brasil, e admito que tenho preferido investir na linha collector, mas a diferença de qualidade já não é tão grande, os lançamentos não me agradam tanto e os preços andam estratosféricos no Brasil.

Como tenho prioridade em adquirir a Nikki, a Raquelle e a Midge, justamente aquelas que ainda não estão disponíveis, adiei indefinidamente a compra.

Mas confesso que ando sonhando com essa linha, em especial com a carinha “culpada” da Raquelle.

Crédito da imagem: Barbie Collector