IV Convenção Barbie Brasil – Concurso de Cosplay

Um dos pontos altos do primeiro dia da Convenção Barbie Brasil foi o Concurso de Cosplay.

Os participantes tinham que escolher uma Barbie/Ken e utilizar essa referência para elaborar uma fantasia.

Fiquei impressionada com o capricho e dedicação dos competidores.

A Maria Milagres Freitas participou fantasiada de Cleópatra!

Crédito da imagem: Facebook Museu Encantado

Amei!

Outra participante escolheu a Jeanie, do seriado da TV. A explicação dela foi super fofa: ela também queria resolver os afazeres domésticos como a Jeanie!

Crédito da imagem: Facebook Museu Encantado

 

A Vivian foi de FAO Schwarz. IGUAL!

Crédito da imagem: Facebook Museu Encantado

Em terceiro lugar no concurso, ficou o Ken Skate Roller, boneco escolhido pelo Fernando Pohl. Ele é a própria representação do Ken. Perfeito!

Crédito da imagem: Facebook Museu Encantado

Esse olhar para o lado da Barbie tokidokifoi foi um charme que conquistou os jurados, que atribuíram o segundo lugar do concurso de Cosplay.

Crédito da imagem: Facebook Museu Encantado

O grande ganhador da noite foi o Romero Miranda, vestido de Jack Sparrow. Perfeito!

Crédito da imagem: Facebook Museu Encantado

Ele foi contemplado com uma Barbie OOAK da Isabela Capeto! Acho que deve ter valido a pena o trabalhão de montar essas fantasias, não?

Para completar, ainda tivemos um pocket show da Fernanda Top, que apresentou três representações perfeitas de looks icônicos da Barbie:

1) Glinda

Crédito da imagem: Facebook Museu Encantado

2) Rainha das Galáxias

 

Crédito da imagem: Facebook Museu Encantado

3) E por fim, a Cher dos anos 80.

Crédito da imagem: Facebook Museu Encantado

Fiquei com a música da apresentação durante dias na cabeça. Aliás, esse vídeo é mesmo um must see.

Todos ficaram boquiabertos! Confesso que não esperava um show desses! Isso para não falar na música tocando, o clima era de festa mesmo. Só isso já valeu pelo primeiro dia de Convenção!

Impagável a cara do Bill quando viu a qualidade das performances.

Crédito da imagem: Facebook Museu Encantado

 

Realmente, outro nível. Acho que ela nem deve ter permissão de concorrer por ser hors concours!

Novas aquisições

Minha irmã chegou ontem de Nova Iorque e trouxe duas dolls para minha coleção:

Audrey Hepburn in Roman Holiday Doll

Crédito da imagem: Barbie Collector

Ela encontrou essa doll na FAO Schwarz por 40 dólares. Era a última e ela teve que disputar com uma francesa.

Além dessa, ela achou na Century 21 (uma loja de descontos) a City Shopper Barbie Doll – Brunette.

Crédito da imagem: Barbie Collector

 

Fiquei super feliz porque as duas estavam na minha wishlist.

Não vou mentir: a Audrey é um pouco decepcionante. O cabelo tem muita cola e o face mold não faz jus à beleza da atriz. Planejo fazer um comparativo com a minha Audrey antiga, que é muito mais bonita.

O que vocês acharam das escolhas da minha irmã?

FAO Schwarz Barbie® Doll

A FAO Schwarz, ou simplesmente FAO, é a loja de brinquedos mais conhecida do mundo.

Instalada na mítica esquina da 5ª. Avenida com o Central Park (num corner que junta, dentre outras, a loja da Apple, a Henri Bendel, o Plaza Hotel, etc), a FAO conseguiu catapultar sua localização e o fato de vender sonhos em uma das cidades mais envolventes do mundo para fazer seu negócio prosperar.

Entre altos e baixos, ameaça de fechamento, crise e retomada do business, a FAO sempre fez parte do imaginário das crianças americanas e até do mundo todo (e nesse aspecto Hollywood não me deixa mentir).

No filme “Quero ser Grande” (BIG), Tom Hanks, ainda antes de atingir a consagração pela crítica, dança sobre o famoso piano, que detém o recorde de ser o maior do mundo.

E se no filme eles dançam usando sapatos, na loja de verdade sempre está lotado de gente querendo brincar, só se sobe no piano de meias ou descalço, o tempo de uso é limitado e deve ser dividido com outras pessoas e o piano agora fica no 2º. andar da loja e não mais no térreo.

De qualquer forma, essa cena é adorável e dá para ver ao fundo as famosas pelúcias alemãs em tamanhos gigantescos vendidas por lá. Imagino o quanto os atores devem ter trabalhado até atingir a perfeição da música!

Diante de tudo isso, nada mais justo que homenagear a loja que vende enorme variedade de brinquedos com uma Barbie Collector, certo?

Depende.

Os 150 anos de fundação da FAO (1862) foram comemorados em 2012 e devidamente retratados pela FAO Schwarz 150th Anniversary Barbie® Doll, que trazia a boneca vestida de soldadinho, conforme os “porteiros” da loja. Bacana a iniciativa, a boneca era bem fofa e ainda aparecia em uma pose inédita.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Tive a sorte de ganhá-la da minha irmã, que visitou Nova York no final do ano passado.

Pois bem. Imaginei que a boneca se esgotaria rapidamente, até por ter a venda bem restrita.

Ledo engano. Já em abril desse ano, ao entrar na FAO o cliente se depara com uma verdadeira pirâmide de Barbies. Estranhei, mas enfim!

Mas como nenhuma iniciativa parece suficientemente explorada pela Mattel, no segundo semestre de 2013 é lançada uma segunda versão para a mesma boneca, FAO Schwarz Barbie® Doll com apenas uma diferença: a cor dos cabelos, agora castanhos.

Precisa comentar algo?

Crédito da imagem: Barbie Collector

Gente, as bonecas são exatamente iguais… Nem a maquiagem diferente! Ora, se fosse para ser uma versão morena, por qual motivo não foram lançadas em conjunto? Isso tá com jeito de preguicinha…

Cadê o esforço, a originalidade, a criatividade? Hein, d. Linda Kyaw?

Antes tivessem feito um Ken belíssimo, moreno, com uma roupa de soldadinho de chumbo.

Crédito da imagem: FAO

Aí sim, valeria a pena comprar dois bonecos com o mesmo tema. Essa doll só me deixa com vergonha da Mattel. Mesmo porque já não sou muito fã do molde Carnaval.

Enfim, qual a opinião de vocês? Acharam que a designer realmente estava com sono?