Barbie Life in the Dreamhouse

Baseada na web série de sucesso, que é disponibilizada no próprio site da Barbie, a Mattel lançou as bonecas que aparecem no seriado.

Crédito da imagem: rotibakarbuttermilo.blogspot.com

Depois de um longo período sem lançamentos condizentes com a qualidade esperada em uma boneca que carrega a marca Barbie, a Mattel acertou ao promover seu produto através de episódios animados muito bem executados, além de aproveitar o gancho para alavancar a venda de dolls baseadas em experiência já bem sucedida.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Até agora, vi apenas na loja física das Lojas Americanas, e somente a Barbie, a Teresa e a Summer. Pude constatar a qualidade dos face molds, dos cílios enraizados, e do fato de apresentarem um look extra, o que agrega valor às bonecas. Ainda assim, achei demais cobrarem 89,90 por algo que custa US$16,99 – no câmbio de hoje (R$2,23) e incluindo o imposto de Nova Iorque (8,75% – que já é um dos mais altos), a conversão seria de R$41,21, menos da metade do preço daqui.

Achei o preço bem salgado no Brasil, e admito que tenho preferido investir na linha collector, mas a diferença de qualidade já não é tão grande, os lançamentos não me agradam tanto e os preços andam estratosféricos no Brasil.

Como tenho prioridade em adquirir a Nikki, a Raquelle e a Midge, justamente aquelas que ainda não estão disponíveis, adiei indefinidamente a compra.

Mas confesso que ando sonhando com essa linha, em especial com a carinha “culpada” da Raquelle.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Anúncios