Completei a coleção LITD

Estou super feliz!!!!

Comprei a Barbie Life in the Dreamhouse Nikki Doll e completei todas as que eu queria da linha (Barbie e Ken não são minha prioridade).

 

Crédito da imagem: Barbie Collector

Agora é se preparar para a Convenção de Colecionadores, que começa no sábado!

Quem mais vai estar presente?

 

Anúncios

Haunted Beauty Vampire Barbie Doll

Ainda na coleção 2013, a Mattel lançou a segunda boneca da série Haunted Beauty (a primeira foi a Ghost).

Já não sou muito fã de dolls que usam fantasias, mas essa realmente é de um mau gosto de doer.

Crédito da imagem: Barbie Collector

A começar pelos caninos destacados na pintura labial. Precisava mesmo disso? Já não existe as Monster High para satisfazer esse nicho?

Dito isso, vou continuar a avaliação da doll pelo que a Mattel apresenta nas fotos do protótipo.

 

Cabelo: preto graúna, muito comprido (altura do joelho, imagino). Mechas da frente soltas e enroladas e a parte de trás está presa em um coque no topo da cabeça, com acabamento em trança.

Corpo: Model Muse, com ambos os braços esticados.

Rosto: Molde Louboutin. Esse ano foi da Lara (como sempre), Louboutin e Pazzete. Para transmitir esse ar de maldade/superioridade, preciso admitir que foi bem escolhido.

Maquiagem: Nada de mais. O que realmente estragou a doll foram os caninos. Horrível.

Roupa: Vários blogs e fãs fizeram relação com um modelo do Alexander McQueen. Acho que inspiração na moda sempre existe mesmo. Ainda mais de algo como uma capa. Não sei se o Bill Greening acusou o golpe. O look não está feio. O vestido tem um detalhe bonito no pescoço e a capa parece boa e bem-feita. A parte boa é que dá para retirar o traje.

Acessórios: chamo atenção para o lindo anel da boneca.  As unhas são pretas.

No geral, seria uma doll aproveitável, mas considero que os dentes aparecendo simplesmente destroem todo o resto.

Alguém gostou?

 

 

 

Hervé Leger Barbie Doll

Vocês conhecem amor à primeira vista?

Pois então, foi o que aconteceu quando eu vi a Hervé Leger Barbie Doll pela primeira vez.

Aliás, eu já estava ansiosa há bastante tempo, eis que os rumores de lançamento já circulavam e havia até um protótipo, que parecia ser uma Lara.

A sorte é que a boneca veio mais bonita que eu esperava.

Crédito da imagem: Barbie Collector

O vestido usado pela boneca é muito próximo do Valentine Bandage Dress. As diferenças são poucas, eu diria que só a alça que desce pelo decote e a cor (no site vendido em Lt. Crimson e na boneca parece o Lipstick Red). O preço, na loja virtual Hervé Leger, é de US$880,00 (oitocentos e oitenta dólares).

Crédito da imagem: Herve Leger

Muita riqueza!!

Como segundo outfit, a Barbie apresenta o Denisa Jagged-Pike Jacquard Dress, vendido no site Herve Leger por US$1.590,00 (mil, quinhentos e noventa dólares).

Crédito da imagem: Barbie Collector

Crédito da imagem: Barbie Collector

Maravilhoso, não?

Gosto de inúmeros outros, mas esse realmente está muito bem feito.

Acredito que a única diferença do modelo apresentado pela doll seja na parte de trás do vestido, em que a saia é ligeiramente diferente do modelo apresentado no site.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Crédito da imagem: Barbie Collector

Aqui, o vestido que está à venda.

Crédito da imagem: Herve Leger

Muito parecidos!!!

Além disso, os acessórios são uma atração à parte! Os detalhes do cinto também estão muito bem representados para algo em uma escala tão pequena.

Crédito da imagem: barbie Collector

Crédito da imagem: barbie Collector

Crédito da imagem: Barbie Collector

Crédito da imagem: Barbie Collector

Crédito da imagem: Barbie Collector

Crédito da imagem: Barbie Collector

Já o rosto foi muito bem escolhido. Uma boneca com ar angelical não usaria um Hervé Leger com acessórios tão fetichistas.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Crédito da imagem: Barbie Collector

Cabelo: cabelo castanho claro, com mechas mais claras e bem esparsas. O penteado está bem elaborado: na parte da frente, mechas divididas e uma “tiara” de cabelo em trança. Atrás, o cabelo está preso em um rabo com tranças.

Maquiagem: muito moderna. Batom nude e olhos delineados. Gostei da sobrancelha apagada.

Molde: Louboutin.

Eu comprei a minha no começo da semana passada, de tão obcecada que estava. Sei que ainda deve demorar para chegar e espero que seja tão linda quanto aparenta pelo protótipo.

Sei que foi um risco comprar sem ver a imagem real, mas tô torcendo para dar tudo certo!

Pelo que foi a Barbie Coach, com todo um cuidado na produção da roupa e assessórios, acredito que a marca não iria colocar o nome em uma doll mal produzida. Mas vamos aguardar.

Qual a expectativa de vocês?

Stephen Burrows Alazne™ Barbie® Doll

A parceria da Mattel com o designer Stephen Burrows iniciou-se com a boneca Pazette e, até o momento, ainda não foi divulgado quantas dolls serão lançadas.

O renomado estilista,  que é conhecido pelo desenho revolucionário, foi o primeiro designer afro americano a obter reconhecimento internacional e, mesmo nos dias de hoje, ele recebe inúmeras homenagens e prêmios.

Dei uma olhada no site dele e não existe nenhuma atualização relevante desde 2011. O twitter pessoal também é bastante genérico e não apresenta novas coleções. Ao depois, descobri que ele não possui fundos para elaborar novas peças, apesar de várias tentativas não muito bem sucedidas nos últimos anos de retomar seu lugar na cena fashion.

Diante disso, a parceria já apresenta mais um aspecto de homenagem do que de relevância ou impacto que ele apresente como designer atuante, o que, a princípio, já é um pouco preocupante.

Stephen Burrows AlazneBarbie® Doll é um dos últimos lançamentos da Mattel para 2013.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Vamos à avaliação da doll?

Cabelo: difícil dizer alguma coisa. Pela foto dá para notar que é escuro. E só. Até mesmo imagens reais ainda não divulgaram o que existe por baixo do assessório de cabeça.

Corpo: Model Muse, com o braço direito flexionado e o braço esquerdo reto.

Rosto: Acho lindo o molde Pazette. Aliás, a Mattel poderia se decidir sobre a forma como vai chamar os diferentes moldes e uniformizar a esquematização disso. Cada hora o site passa uma informação sobre as dolls. Por isso é que tantos colecionadores discutem sobre os moldes de rosto. Simplesmente não há consenso. No Dolls Details da Alazne, a Mattel coloca como facial sculpt o nome de Stephen Burrows. Ou seja, a própria Mattel consagra o uso de uma forma e depois modifica o nome ao seu bel-prazer. Haja paciência!

Maquiagem: só vou repetir o que já foi muito falado: muito parecida com a Tribal Beauty. Aliás, para quem não liga para roupas, não teria o menor sentido adquirir ambas, em razão da semelhança entre as makes.

Numa postagem de hoje, o Igor do Model Muse Barbie, colocou imagens reais da doll e ainda mostrou diferenças do protótipo.  

Ao que parece, a Mattel se deu conta das reclamações dos colecionadores e tirou a pinta e o batom coral e pintou a boca com uma cor mais puxada para um rosa.

Ainda assim, acho que quem possui a Tribal Beauty não necessariamente vai adquirir a Alazne.

Roupa: Não gostei não. O corte é até bonito, mas não gostei nem do tamanho do paetê e nem da cor. A luva e o decote são até bonitos e imaginar essa roupa em um tecido nobre em uma cor decente dá até tristeza pelo que poderia ter sido. Infelizmente, acho que erraram no dress.

Assessórios: o Assessório de cabeça é estiloso, mas seria bom conhecer também o cabelo. A luva até que ficou bonita e as argolas são maravilhosas. Sapato também não dá para saber.

Conclusão: Não compraria. Acho bonita, mas não o suficiente para pagar o preço.  Dentre as Pazettes, a mais bonita é a própria Pazette original e eu também gosto muito da Holiday 2013.

Também pelo fato de só ser vendida pela internet, acredito que ainda demore bastante tempo para que ela se esgote.

E vocês? Colocaram a Alazne na wishlist?

The Blonds Blond Gold Barbie Doll

Deslumbrante.

Poucas palavras definem tão bem a The BlondsBlond Gold Barbie® Doll como essa. A boneca é de deixar o queixo caído. Realmente linda, daquelas que chamam a atenção e se destacam em qualquer exposição de colecionadores ao lado de outras Barbies.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Cabelo: platinado, louro claríssimo, voluptuoso, com bastante volume e algo ondulado. Parece que fez uma escova com volume e soltou com a cabeça para baixo, jogando bastante spray para adicionar corpo. Riqueza define!

Corpo: Model Muse, com ambos os braços flexicionados de forma nova: eles se flexionam “para fora”, como se a doll dissesse: “Cheguei e causei!”. Emfim, corpo que funciona como novo.

Rosto: Eu já sei… Todos estão cansando da Lara… Mas essa doll não tem o que dizer. Só o molde Lara para dar aquela cara de “bitch” que não liga a mínima para as críticas. Aliás, essa doll é tão linda e forte que parece ter personalidade própria, não é nada apagada. O molde foi perfeito para transmitir isso (apesar de pessoalmente acreditar que tanto o Marisa, o Daria, o Mermaid e o Loubotin transmitiriam essa mesma sensação).

Roupa: haja segurança para usar algo assim. A roupa parece que várias corrente do tipo de “amarrar portão” foram soldadas de forma a criar um vestido bem ousado. Amei! Os braceletes também são bacanas e “seguram” a capa. O brinco não tem nada de mais, na minha opinião. Gostei do sapato e do pedestal.

Esse tipo de boneca não é bem o que costumo colecionar, mas não posso negar que ela é linda e diva, chamando atenção e dando brilho a qualquer coleção.

Gostaram? Acharam o preço justo?

Tailored Tuxedo Ken

Também em agosto, a Mattel lançou o Tailored Tuxedo Ken. Trata-se de boneco disponível para compra apenas por membros do Barbie Fan Club, de forma exclusiva e limitado a apenas um por inscrito.

Desenhado por Robert Best, o Ken veste um tuxedo, ou melhor um traje white tie, mais formal que o black tie.

O Ken veste um casaco curto com lapelas em tecido brilhante, calça do mesmo tecido do casaco, camisa branca, colete branco e gravata branca, com sapatos que dão o efeito envernizado.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Minha opinião? Nada de mais.

O boneco tem como ponto favorável um cabelo diferente, com uns fios grisalhos que dão um charme extra.

Mas me incomoda o fato do Robert Best ter colocado uma pinta na testa à sua imagem e semelhança. Achei que faltou um pouco de humildade ao designer.

 

Crédito da imagem: AMCTV blog

Enfim, o Ken não deixa de ser um clássico, que vai acompanhar bem a Barbie em eventos mais formais.

Vocês gostaram?

FAO Schwarz Barbie® Doll

A FAO Schwarz, ou simplesmente FAO, é a loja de brinquedos mais conhecida do mundo.

Instalada na mítica esquina da 5ª. Avenida com o Central Park (num corner que junta, dentre outras, a loja da Apple, a Henri Bendel, o Plaza Hotel, etc), a FAO conseguiu catapultar sua localização e o fato de vender sonhos em uma das cidades mais envolventes do mundo para fazer seu negócio prosperar.

Entre altos e baixos, ameaça de fechamento, crise e retomada do business, a FAO sempre fez parte do imaginário das crianças americanas e até do mundo todo (e nesse aspecto Hollywood não me deixa mentir).

No filme “Quero ser Grande” (BIG), Tom Hanks, ainda antes de atingir a consagração pela crítica, dança sobre o famoso piano, que detém o recorde de ser o maior do mundo.

E se no filme eles dançam usando sapatos, na loja de verdade sempre está lotado de gente querendo brincar, só se sobe no piano de meias ou descalço, o tempo de uso é limitado e deve ser dividido com outras pessoas e o piano agora fica no 2º. andar da loja e não mais no térreo.

De qualquer forma, essa cena é adorável e dá para ver ao fundo as famosas pelúcias alemãs em tamanhos gigantescos vendidas por lá. Imagino o quanto os atores devem ter trabalhado até atingir a perfeição da música!

Diante de tudo isso, nada mais justo que homenagear a loja que vende enorme variedade de brinquedos com uma Barbie Collector, certo?

Depende.

Os 150 anos de fundação da FAO (1862) foram comemorados em 2012 e devidamente retratados pela FAO Schwarz 150th Anniversary Barbie® Doll, que trazia a boneca vestida de soldadinho, conforme os “porteiros” da loja. Bacana a iniciativa, a boneca era bem fofa e ainda aparecia em uma pose inédita.

Crédito da imagem: Barbie Collector

Tive a sorte de ganhá-la da minha irmã, que visitou Nova York no final do ano passado.

Pois bem. Imaginei que a boneca se esgotaria rapidamente, até por ter a venda bem restrita.

Ledo engano. Já em abril desse ano, ao entrar na FAO o cliente se depara com uma verdadeira pirâmide de Barbies. Estranhei, mas enfim!

Mas como nenhuma iniciativa parece suficientemente explorada pela Mattel, no segundo semestre de 2013 é lançada uma segunda versão para a mesma boneca, FAO Schwarz Barbie® Doll com apenas uma diferença: a cor dos cabelos, agora castanhos.

Precisa comentar algo?

Crédito da imagem: Barbie Collector

Gente, as bonecas são exatamente iguais… Nem a maquiagem diferente! Ora, se fosse para ser uma versão morena, por qual motivo não foram lançadas em conjunto? Isso tá com jeito de preguicinha…

Cadê o esforço, a originalidade, a criatividade? Hein, d. Linda Kyaw?

Antes tivessem feito um Ken belíssimo, moreno, com uma roupa de soldadinho de chumbo.

Crédito da imagem: FAO

Aí sim, valeria a pena comprar dois bonecos com o mesmo tema. Essa doll só me deixa com vergonha da Mattel. Mesmo porque já não sou muito fã do molde Carnaval.

Enfim, qual a opinião de vocês? Acharam que a designer realmente estava com sono?